Loading...

Blog

ONDE FALAMOS DE BOLSA
Home / Blog

MACD: Moving Average Convergence Divergence

  • MACD

As médias móveis identificam tendências, através da filtragem das oscilações diárias de preço. No entanto, foi desenvolvido por Gerald Appel, analista e gestor de carteiras em Nova York, um indicador mais avançado, denominado  Moving Average Convergence Divergence ou MACD, que consiste não numa mas em três médias móveis exponenciais. Aparece em gráficos como duas linhas, cujas intersecções entre ambas fornecem sinais de trading. Uma denominada de linha de macd outra denominada linha de sinal.

Este oscilador envolve uma certa polémica no que diz respeito à sua classificação, nomeadamente pelo facto de existirem analistas que o classificam como um indicador seguidor de tendências e outros que o consideram um seguidor de ciclos. De uma coisa podemos estar certos, estamos a falar do oscilador de maior eficácia a seguir ciclos de longo prazo, daí o facto de se poder considerar um seguidor de tendências de curto e médio prazo.

Como criar um MACD

O indicador MACD original consiste em duas linhas: uma linha sólida (denominada de linha MACD) e uma linha a tracejado (denominada de linha de sinal). A linha de MACD é desenvolvida a partir de duas médias móveis exponenciais. Responde a alterações de preço com bastante rapidez. A linha de Sinal é desenvolvida a partir da Linha de MACD, suavizada com outra média móvel exponencial que responde às alterações de preço de uma maneira mais lenta.

Os sinais de compra e venda são dados sempre que a Linha de MACD cruza para cima ou para baixo a Linha de Sinal. O indicador MACD encontra-se incluído na maioria dos softwares de análise técnica e está também na plataforma da DIF. Hoje em dia nenhum analista necessita de o calcular à mão como o seu criador, Gerard Appel, porque os computadores fazem esse trabalho de forma mais rápida e precisa.

Criar o MACD:

  1. Calcular uma Média Móvel Exponencial de 12 dias de prços de fecho
  2. Calcular uma Média Móvel Exponencial de 26 dias de preços de fecho.
  3. Subtrair o MME de 26 dias da MME de 12 dias, e representar graficamente a sua diferença, como uma linha sólida . Esta é a linha de MACD.
  4. Calcule uma Média Móvel Exponencial de 9 dias da Linha de MACD rápida e represente graficamente o resultado como uma linha a tracejado. Esta é a linha de Sinal.

Outras aplicações do MACD:

Muitos traders tentam optimizar o MACD utilizando outras médias Móveis em vez das MME mais utilizadas de 12-26 e 9 dias. Outra escolha poderá ser a utilização de MME de 5-37 e 7 dias

Alguns traders tentam estabelecer ligações de MACD aos ciclos de mercado. Na eventualidade de utilizar ciclos, a primeira MME deve ter um quarto do comprimento do ciclo dominante e a segunda MME metade do comprimento do ciclo. A terceira MME é um instrumento de suavização, cujo comprimento não necessita de estar ligado a um ciclo.

Regras de trading do MACD:

Os cruzamentos ou intersecções entre as Linhas de MACD e de Sinal, identificam mudanças de tendência de mercado. Transaccionar na direcção do cruzamento dessas linhas, significa ir com o fluxo do mercado. Este sistema gera menos trades e reversões de sinal do que um sistema mecânico, baseado numa MMS.

1. Quando a linha MACD cruzar para cima da Linha de Sinal, dá um sinal de compra. Entre longo e coloque um stop de protecção abaixo do último minimo

 

2 . Quando a Linha de MACD cruzar para baixo da Linha de Sinal, dá um sinal de venda. Entre short e coloque um stop de protecção acima do último máximo.

Análise EUR USD de Novembro 2019 a Fevereiro 2020 (Gráfico 4h)

Conclusão:

Este tipo de oscilador tem dois usos

  1. Ajuda a marcar divergências
  2. Ajuda a identificar variações de curto e longo prazo, não só quando a média curta se move muito acima ou muito abaixo da média maior, mas também pelo cruzamento das duas.

Histograma de MACD

O histograma de MACD oferece um conhecimento mais profundo do balanço de poder entre os compradores e vendedores  do que o MACD original. Este mostra não só quem se encontra a controlar o mercado, compradores ou vendedores, mas também se estes se encontram fortes ou fracos.

Histograma de MACD= Linha de MACD – Linha de Sinal

O Histograma de MACD mede a diferença entre a Linha de MACD e a Linha de Sinal. Ele representa graficamente essa diferença como um histograma – uma série de barras verticais.

Quando a Linha de MACD rápida se encontra acima da linha de Sinal Lenta o histograma de MACD é positivo e é representado acima da linha zero. Quando a linha de MACD rápida se encontra abaixo da linha de Sinal Lenta, o histograma de MACD é negativo e é representado abaixo da linha zero. Sempre que as duas linhas se tocam o histograma de MACD é igual a zero.

Banner de Investimento na DIF Broker

Sempre que a distância entre linhas de MACD e de Sinal aumenta, o histograma de MACD torna-se mais alargado. Sempre que as duas linhas se aproximam, o histograma de MACD torna-se mais curto.

A inclinação do histograma de MACD identifica o grupo de mercado dominante. Um histograma  de MACD crescente mostra que os compradores começam a ficar com mais força. Um histograma de MACD decrescente mostra que os vendedores começam a ficar mais fortes.

  • A inclinação do histograma de MACD é mais importante do que a sua posição acima ou abaixo da linha central. Os melhores sinais de venda são dados quando o histograma de MACD se encontra acima de zero mas a sua direcção se direcciona para baixo, mostrando que os compradores começam a ficar exaustos. Os melhores sinais de compra surgem quando o histograma de MACD se encontra abaixo da linha central de zero e a sua inclinação se direcciona para cima, mostrando que os vendedores começam a ficar cansados.

Existem, no entanto, sistemas que consideram os sinais de compra e venda nos pontos onde o histograma de MACD corta a linha zero. Neste caso, o sinal de compra é dado no cruzamento do oscilador de baixo para cima enquanto que o sinal de venda é dado quando oscilador cruza a linha de referência de cima para baixo.

Veja também: